Logística integrada: o que é e como implementá-la

Logística integrada: o que é e como implementá-la

Já ouviu falar de logística integrada? Essa é uma nova forma de pensar os processos logísticos a partir dos avanços tecnológicos e da necessidade de se adaptar às novas demandas do mercado.

Para suprir demandas cada vez mais altas mantendo a qualidade e o nível de serviço, as organizações precisam tornar seus processos mais ágeis e inteligentes. 

Nesse cenário, a logística integrada é uma boa alternativa, pois, como o próprio nome sugere, ela aumenta a interação entre fornecedores, funcionários, clientes e transportadoras e torna todas as etapas da cadeia logística mais dinâmicas e produtivas. 

Se você quer saber mais sobre logística integrada e como ela pode ser inserida na sua empresa, continue lendo este artigo!

O que é logística integrada?

A logística integrada é a integração de todo o processo logístico, desde a origem dos produtos até a entrega ao consumidor final. 

Essa modalidade da logística surgiu para facilitar a comunicação e unir todas as áreas de uma empresa, com o objetivo de tornar os processos de armazenagem, movimentação e distribuição de mercadorias mais ágeis e econômicos.

Como esse é um processo unificado, qualquer erro pode afetar o resultado, gerando mais trabalho, aumentando os custos e acarretando uma série de inconveniências e prejuízos. 

Por isso, é preciso contar com ferramentas confiáveis para ajudar a coordenar todas as etapas e agir rapidamente caso ocorra alguma falha. 

Como implementar a logística integrada na sua empresa?

Na logística integrada, todas as atividades têm sua importância separadamente, mas, juntas, são muito mais eficientes.

A comunicação é essencial

A implementação efetiva da logística integrada deve garantir alguns fatores: disponibilidade de serviços, agilidade e pontualidade das entregas, e satisfação dos consumidores.

Para isso, manter um fluxo contínuo de compartilhamento de informações sobre os processos é essencial. Assim, será mais fácil tomar decisões mais precisas.

Um bom exemplo disso é quando o setor de compras acompanha os níveis de estoque e sabe exatamente quando acionar o fornecedor, adquirindo as quantidades adequadas dos produtos, evitando faltas e excessos. 

Ou seja, o setor de estoque passa informações precisas para o setor de compras avaliar o que precisa ser adquirido. Este setor, por sua vez, passa as informações para os fornecedores, que informam a disponibilidade dos produtos e prazos de entrega.

O gestor de projetos tem papel fundamental

O gestor de projetos pode ser um grande aliado nessa busca pela unificação dos esforços de diferentes times. 

Como a logística integrada envolve um gerenciamento completo de informações, é fundamental que os colaboradores tenham clareza sobre o papel desempenhado por cada um e seu impacto na totalidade do processo.

Assim, identificar o papel de cada funcionário, tornando mais clara a visão do processo, é uma das atividades essenciais para o gestor de projetos, que ainda pode encontrar problemas nesse fluxo de ações e propor melhorias.

Valorize todos os processos

Todas as etapas do processo devem ser gerenciadas com excelência. A gestão da compra de matérias-primas e do estoque é fundamental, pois pode ter impacto em todo o fluxo de produção. 

Analisar a fase do recebimento de matérias-primas, por exemplo, torna possível comunicar, com assertividade, as possíveis falhas paras as demais áreas.

Assim como atrasos no recebimento afetam diretamente a logística de distribuição, causando reflexos nos resultados da companhia. 

Por isso, é necessário acompanhar o trabalho das equipes de ponta a ponta. 

A logística integrada na distribuição

A fase de distribuição é responsável pelo trajeto entre a empresa e o consumidor final. Essa parte do processo deve ser executada da melhor forma possível, pois lida com clientes que podem ficar satisfeitos ou decepcionados com os serviços prestados. 

Para que o setor de distribuição alcance todo o seu potencial, é preciso garantir a qualidade e agilidade das entregas, reduzir custos de operação, deixar os consumidores satisfeitos e automatizar processos.

A logística integrada pode usar diferentes tecnologias para auxiliar nesse ponto, como as soluções da RoutEasy, que atuam de forma completa no planejamento, execução e controle das operações de entregas e serviços. 

Além de ajudar a tornar os processos mais ágeis e reduzir custos, nossas soluções permitem o monitoramento em tempo real de cada etapa da área de distribuição e a exibição dos dados sobre o desempenho das atividades em um dashboard amigável.

Quais os benefícios da logística integrada?

Muitas vezes, o processo de implementação de uma nova tecnologia ou metodologia de trabalho pode ser desafiador. Porém, a mudança pode trazer resultados positivos. Veja quais as vantagens de implementar uma logística integrada na sua operação:

Favorece a tomada de decisão

Planejamento estratégico e visão de longo prazo são fatores essenciais para que a empresa possa crescer e conquistar novas oportunidades de negócio. 

A integração possibilita o acesso a relatórios gerenciais e indicadores de desempenho que ajudam a entender o andamento das atividades. Com isso, é possível tomar decisões certeiras quanto a aspectos financeiros, operacionais e comerciais.

Garante agilidade no processo

O compartilhamento de informações ajuda na redução de falhas e aumenta a velocidade dos processos. Isso porque os dados ficam disponíveis para consulta e podem ser utilizados para acompanhar o andamento do trabalho.

Dessa forma, as etapas seguem um fluxo contínuo, evitando interrupções por falta de informações ou de sincronia na cadeia logística.

Toda essa integração também permite uma previsibilidade maior, assim como uma adaptação rápida às demandas repentinas, por exemplo.

Ajuda na redução de custos

Gerenciar todos os processos logísticos de maneira integrada torna o processo mais eficiente em todas as fases, seja de armazenagem, distribuição e circulação de produtos. 

A redução de custos acontece pois o ambiente se torna mais eficiente e produtivo, diminuindo o número de erros e desperdícios. 

Essa otimização também pode ser vista na operação com utilização de ferramentas de roteirização, que podem reduzir até 40% dos custos operacionais. 

Vantagem competitiva 

A empresa que possui uma cadeia logística precisa e eficiente, sem dúvida alguma, sai à frente de seus concorrentes. 

Isso porque os processos que envolvem a entrega de produtos ao consumidor final é um dos pontos mais valorizados pelo cliente na hora de avaliar uma empresa.

Por isso, a logística integrada pode ser considerada como uma evolução da logística tradicional.

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM:

O papel da inteligência artificial na otimização de entregas

A logística enfrenta um desafio constante: como entregar produtos de forma rápida, eficiente e econômica. Nesse cenário, a inteligência artificial (IA) emerge como uma ferramenta poderosa, revolucionando a maneira como as empresas otimizam suas operações de entrega. Desde a previsão da demanda até o roteamento de veículos, a IA está transformando cada etapa do processo

Curso de roteirização

Curso de roteirização: qual fazer?

No complexo cenário da logística e transporte, a roteirização desempenha um papel central. Para profissionais em busca de aprimoramento nesta área, investir em um curso de roteirização é essencial.  Neste artigo, exploraremos os fundamentos, os benefícios e o conteúdo de um curso de roteirização, oferecendo uma visão abrangente para quem deseja se destacar nesse setor

Saiba como planejar rotas de entregas de maneira eficaz

Como planejar rotas de entregas de maneira eficaz

Com a necessidade de realizar entregas cada vez mais rápidas, é fundamental que as empresas otimizem suas rotas de entrega para garantir um serviço eficiente aos clientes. Mas como planejar rotas de entregas de forma mais eficaz? Neste artigo, você vai entender a importância de um planejamento eficiente de rotas de entrega, os principais desafios

luanatorres

Deixe uma resposta