O que é last mile? Entenda o funcionamento e estratégias

O que é last mile? Entenda o funcionamento e estratégias

Last mile: entenda o funcionamento e estratégias

No universo da logística, compreender o que é last mile é fundamental para aumentar a eficiência na entrega ao cliente final, garantindo uma melhor experiência do cliente. Além disso, é essencial entender qual a melhor forma de enfrentar os principais desafios dessa etapa para obter uma redução de custos e otimização da última milha.

Como funciona o last mile na logística?

O last mile, ou a última milha, é a etapa final da cadeia de suprimentos, em que os produtos são entregues ao cliente final. Esta fase é reconhecida por ser uma das mais desafiadoras do processo logístico, já que envolve a entrega dos itens do centro de distribuição até o destino final, que pode ser a residência do cliente ou um ponto de coleta.

Diversos fatores contribuem para a complexidade dessa etapa, incluindo áreas urbanas densas, regiões rurais remotas, congestionamentos, escassez de estacionamento e a crescente demanda por prazos de entrega cada vez mais apertados. 

Por conta disso, tornou-se essencial otimizar a last mile diante do crescimento do comércio eletrônico, visando manter a satisfação do cliente e os custos operacionais sob controle.

Quais são as fases da logística e onde entra o last mile?

A logística desempenha um papel crucial em todo o processo de supply chain, abrangendo uma série de fases cruciais para o movimento eficiente de produtos desde a origem até o destino final. Dentro desse contexto, existem três fases fundamentais: first mile, middle mile e last mile.

First Mile

Refere-se à fase inicial, onde os produtos são coletados dos fornecedores ou fabricantes e transportados aos centros de distribuição ou armazéns, onde são preparados para a próxima etapa do processo logístico.

Middle Mile

Aqui, os produtos são movidos dos centros de distribuição ou armazéns para outras instalações, como centros de classificação ou hubs de transporte, priorizando a eficiência na consolidação de cargas.

Last Mile

Trata-se da etapa final da cadeia logística que envolve a entrega dos produtos aos destinatários finais, enfrentando desafios como trânsito intenso e demandas por prazos de entrega apertados. Estratégias como o uso de softwares de roteirização podem minimizar o tempo de viagem e maximizar o número de entregas, reduzindo custos operacionais.

Essas fases representam diferentes estágios do ciclo de distribuição de produtos, cada uma com seus próprios desafios específicos, desempenhando um papel crucial na eficiência geral da cadeia logística e na satisfação do cliente.

Como funciona o last mile na prática?

Como já se sabe, o last mile é a última fase da cadeia logística, onde os produtos são entregues ao consumidor final. Esta etapa visa levar as mercadorias do ponto de distribuição até o destino final, que pode variar de residências a pontos de coleta ou estabelecimentos comerciais.

O processo de last mile pode variar dependendo do tipo de produto, localização geográfica e preferências do cliente. Geralmente, envolve etapas como roteirização, rastreamento de entrega, carregamento do veículo de transporte, navegação eficiente pelo tráfego e a entrega física da mercadoria.

Empresas buscam constantemente estratégias para tornar a entrega mais eficiente, rápida e econômica. Isso pode incluir o uso de tecnologias de roteamento inteligente, veículos especializados ou soluções como lockers ou pontos de coleta.

Quais os impactos do last mile na operação logística?

O impacto do last mile no mercado é significativo e está em constante crescimento. De acordo com dados da Associação Brasileira de Logística (ABRALOG), estima-se que cerca de 30% a 40% dos custos totais de uma operação logística estejam relacionados ao last mile.

Além disso, um estudo recente da consultoria McKinsey & Company revelou que a eficiência no last mile pode resultar em uma redução de até 28% nos custos operacionais de uma empresa. Esses números destacam a importância estratégica de otimizar essa fase da cadeia de suprimentos, não apenas para reduzir custos, mas também para melhorar a satisfação do cliente e impulsionar a competitividade no mercado.

O last mile apresenta diversos impactos que influenciam a eficiência e o custo total da cadeia de suprimentos. Esses impactos incluem:

Custos Elevados

A etapa do last mile é frequentemente a mais custosa da cadeia logística, representando até 53% dos custos totais de entrega, devido a fatores como mão de obra, combustível, manutenção de veículos e desafios de logística urbana.

Desafios de Tempo e Prazo 

A expectativa de entrega rápida, ou também conhecida como same day delivery, coloca pressão sobre as operações de last mile para atender a essas demandas, enfrentando congestionamentos, dificuldades de estacionamento e prazos apertados.

Complexidade da Rota

Planejar rotas eficientes em áreas urbanas densas pode ser complexo, exigindo otimização para reduzir custos e aumentar a eficiência.
Quanto mais completas se tornam as rotas, maiores podem ser os custos operacionais, prejudicando consideravelmente o lucro das empresas.

Satisfação do Cliente

Especialmente na era digital, onde a informação se propaga com grande velocidade, garantir a qualidade da experiência do cliente na entrega no last mile, pode impactar diretamente nos resultados e lucro da empresa, além de se tornar essencial quando se trata da construção da reputação da empresa. 

Sustentabilidade e Impacto Ambiental

Através de estratégias de logística verde, inserida dentro do contexto ESG (Ambiental, Social e de Governança), desempenha um papel crucial na otimização do last mile. 

Com a crescente preocupação com a sustentabilidade ambiental, as empresas estão cada vez mais focadas em reduzir sua pegada de carbono e adotar práticas mais eco-friendly em suas operações logísticas. 

No contexto do last mile, isso se traduz em iniciativas como o uso de veículos elétricos ou híbridos de baixa emissão, a implementação de rotas mais eficientes para reduzir o consumo de combustível e a adoção de embalagens eco-friendly. 

Além disso, estratégias que visam reduzir o desperdício e otimizar a capacidade dos veículos de entrega também contribuem para uma logística mais sustentável. Portanto, a integração de práticas de logística verde no last mile não apenas ajuda a reduzir os impactos ambientais das operações logísticas, mas também pode resultar em economias de custo a longo prazo e fortalecer a imagem da empresa perante os consumidores preocupados com questões ambientais.

Quais são as estratégias para melhorar o last mile  e reduzir custos?

Melhorar a eficiência da última milha e reduzir os custos associados a essa etapa desafiadora pode ser alcançado por meio de diversas estratégias, como:

Otimização de Rotas

Utilizar softwares de roteirização para minimizar o tempo de viagem e maximizar o número de entregas por rota, reduzindo custos operacionais.

Consolidação de Cargas

Juntar múltiplas entregas em um único veículo para reduzir o número de viagens necessárias.

Parcerias Estratégicas

Colaborar com outras empresas ou serviços de entrega para compartilhar recursos e infraestrutura.

Tecnologia de Rastreamento e Comunicação

Utilizar sistemas de rastreamento em tempo real para entender o progresso das entregas e permitir comunicação direta entre motoristas e clientes.

Logística Reversa Eficiente

Desenvolver processos eficazes para lidar com devoluções e trocas, minimizando os custos associados.

Análise de Dados e Métricas

Utilizar dados para analisar o desempenho das entregas e identificar áreas de melhoria.

Por que usar uma ferramenta de roteirização para aprimorar o last mile?

O uso de ferramentas de roteirização desempenha um papel fundamental no aprimoramento do funcionamento do last mile. 

Essas ferramentas oferecem uma abordagem sistemática e eficiente para planejar rotas de entrega, levando em consideração uma série de variáveis, como a localização dos destinos, o tráfego em tempo real, as restrições de veículos e as preferências dos clientes. 

Ao otimizar as rotas de entrega, as ferramentas de roteirização ajudam a minimizar o tempo de viagem, reduzir os custos operacionais e aumentar a eficiência geral do processo de entrega. Além disso, elas permitem uma alocação mais inteligente de recursos, como veículos e motoristas, garantindo que as entregas sejam realizadas de forma rápida e pontual. 

Em última análise, o uso dessas ferramentas não só melhora a experiência do cliente, garantindo entregas mais rápidas e precisas, mas também aumenta a competitividade das empresas ao permitir que elas enfrentem os desafios cada vez maiores do mercado de forma mais eficaz.

Nesse sentido, a Routeasy oferece soluções avançadas de roteirização que podem revolucionar a eficiência do seu last mile. Quer conhecer mais sobre como melhorar sua logística de entrega? Acesse agora mesmo a página de soluções da Routeasy: Clique aqui e saiba mais.

Conclusão

O last mile na logística representa não apenas um desafio, mas uma oportunidade para as empresas se destacarem na entrega de produtos de forma rápida, eficiente e econômica.

Implementar estratégias eficazes para otimizar essa etapa é essencial para garantir a satisfação do cliente e manter a competitividade no mercado. Compreender os desafios e impactos da última milha e adotar medidas proativas para enfrentá-los é fundamental para o sucesso a longo prazo das operações logísticas.

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM:

Last mile: entenda o funcionamento e estratégias

O que é last mile? Entenda o funcionamento e estratégias

No universo da logística, compreender o que é last mile é fundamental para aumentar a eficiência na entrega ao cliente final, garantindo uma melhor experiência do cliente. Além disso, é essencial entender qual a melhor forma de enfrentar os principais desafios dessa etapa para obter uma redução de custos e otimização da última milha. Como

Redução de custos na logística

Redução de custos na logística: 5 dicas para sua empresa

A logística desempenha um papel crucial na eficiência e na rentabilidade das empresas. Contudo, os custos associados a esse setor podem se tornar um grande desafio se não forem gerenciados adequadamente, por isso a redução de custos na logística é tão importante. Para ajudar sua empresa a otimizar suas operações logísticas e economizar recursos valiosos,

A importância do roteirizador para redução de custos

Roteirizador: Saiba como o RoutEasy pode reduzir custos na logística

Na era da competitividade e do imediatismo, é fundamental encontrar maneiras de otimizar cada etapa do processo logístico para reduzir custos operacionais e melhorar a eficiência.  No contexto da logística, onde cada etapa pode impactar diretamente no fluxo de caixa e na satisfação do cliente, o roteirizador surge como uma ferramenta essencial para as empresas

Bruna

Deixe uma resposta